Ligar: (47) 3034-9600
  1. Página Inicial
  2. Blog
  3. Como escolher o seu primeiro imóvel
Buscar
no blog
Categorias
de posts
BLOG
Publicado em 21.05.2019

Como escolher o seu primeiro imóvel

Quem casa, quer casa (ou, quem sabe, um apartamento). Esta expressão muito conhecida não sai da cabeça dos novos casais que buscam um cantinho para construir sua vida a dois. Afinal, não há nada melhor do que ter um espaço só seu, não é mesmo? Antes de escolher um imóvel, contudo, muitos detalhes precisam ser levados em consideração. Por essa razão, separamos algumas dicas que podem ajudar você a escolher o seu primeiro imóvel. Vamos a elas?

Casa ou apartamento?

Esta é a primeira dúvida que passa pela cabeça de muita gente na hora de comprar um imóvel. Muitas pessoas já têm uma preferência e defendem uma ou outra opção. Entre os fatores que influenciam essa decisão estão: tamanho da família, segurança e estilo de vida.

Quem preza por um espaço externo, como um jardim ou canteiro, quer espaço para as crianças brincarem livremente e possui animais de estimação que precisam de uma área externa, como cachorros de grande porte, por exemplo, não vai querer abrir mão da casa própria. Já famílias menores, que prezam pela segurança e não se importam de morar em um espaço um pouco mais limitado, vão se adaptar bem em um apartamento.

O importante mesmo é considerar o estilo de vida da família e dar uma atenção especial às demandas e rotinas de cada integrante dela.

Avalie suas necessidades

Depois de optar por uma casa ou apartamento, é preciso levar em consideração vários fatores que vão determinar o imóvel perfeito para a sua família. E a localização é um deles. A proximidade a locais de trabalho e escolas geralmente têm impacto nessa decisão, então é importante pesquisar imóveis que estejam próximos à rotina de sua família.

Outro aspecto também relacionado à localização é o acesso a estabelecimentos que compõem a infraestrutura urbana como supermercado, transporte público, hospital, farmácia e academia. Estes são serviços básicos que fazem parte da rotina da maioria das pessoas. Por isso, a proximidade a eles precisa ser levada em consideração.

Ao analisar o estilo de vida de sua família, outros fatores como o tamanho do imóvel e o acesso a comodidades (piscina, salão de festas, churrasqueira, etc…) também precisam entrar na conta.

Pesquise muito antes de sair de casa

Esta regra deve ser cumprida na compra de qualquer item e não seria diferente ao adquirir um imóvel. Para não perder tempo visitando casas ou apartamentos que não se encaixam no seu padrão de vida, é preciso pesquisar bastante e selecionar diferentes opções. Dessa forma, você pode reservar um dia para visitar vários imóveis, poupando tempo e dinheiro.

Procure imóveis que caibam no seu orçamento

Esta é uma tentação difícil de resistir, principalmente na hora da pesquisa de imóveis. De nada adianta, contudo, visitar o imóvel dos seus sonhos, se você não tem dinheiro para bancá-lo. Neste caso, é importante se limitar a opções que estejam dentro do seu orçamento, em áreas da cidade com as quais você esteja familiarizado. Afinal, é sempre melhor evitar surpresas quando o assunto são valores.

Considere o estado de conservação do imóvel

Este é outro fator bastante importante que não pode passar despercebido. Se você optar por comprar uma casa ou apartamento que já foi de outra pessoa, é preciso cuidado para que a economia não acabe transformando-se em gastos extras.

Neste caso, é preciso avaliar com cuidado o estado de conservação do imóvel, atentando-se para fatores como a instalação hidráulica e elétrica, as condições de pintura e revestimento e outros itens de construção que tendem a se deteriorar com o tempo.

Não tenha medo de perguntar o que não sabe

Esta prática é bastante simples e pode evitar muita dor de cabeça, mas nem todo mundo sabe colocá-la em prática. Seja na hora da pesquisa ou próximo ao fechamento do contrato, é importante tirar todas as dúvidas possíveis.

O corretor de vendas, por exemplo, poderá lhe informar dados técnicos e valores relativos ao imóvel. O dono da casa ou apartamento pode informar você sobre as condições do imóvel. E até mesmo pessoas que moram na região devem ser consultadas. Os seus futuros vizinhos serão a fonte de informações mais indicada para falar as condições de moradia naquele bairro (acesso a facilidades, segurança e possibilidade de alagamentos, por exemplo).

Escolher um imóvel não é tarefa fácil e geralmente consome bastante tempo, mas seguindo estas dicas você estará no caminho certo. Se você quiser conhecer ótimas opções de casas ou apartamentos em Joinville e região, é só clicar aqui. Estes são imóveis exclusivos Otto House e cada um deles possui atrativos únicos. Quem sabe um deles não será seu?

Compartilhe agora: